Décimo terceiro salário: o que é e como calcular. 

O fim de ano chegando e você só consegue pensar nos diversos cálculos de decimo terceiro salário. 

Por mais que você tente, sempre acaba tendo dor de cabeça com os cálculos. 

Isso acontece, pois, contratar pessoas não possui uma data certa, isso ocorre de acordo com a necessidade, não é mesmo? 

E então, quando chega o final de ano é aquele monte de cálculos que você perde tempo demais para fazer. 

Tanta gente, tanta conta e você ainda tem um monte de tarefas na sua jornada. 

E dessa forma, acaba muita coisa por fazer. 

O que é o décimo terceiro salário. 

Ele é o salário mais bonito do ano segundo os funcionários das empresas. 

É um salário extra, que é pago todo final de ano como forma de bônus. 

Hoje em dia ele é chamado assim, mas surgiu como a Lei da gratificação de natal. 

O décimo terceiro salário é um bônus que as empresas concedem para todas as pessoas que trabalham sob o regime CLT. 

Este tipo de salário passou a vigorar no país no ano de 1962, através do governo de João Goulart. 

Antes desta data, muitas empresas já faziam estes pagamentos de forma livre, atualmente, ele é previsto na lei 4.090/62. 

Qual a importância deste benefício para os empregados 

Antes de tudo, você deve estar ciente que o décimo terceiro salário faz a economia do país girar. 

Isso mesmo, ele contribui para que o dinheiro circule e a economia tenha equilíbrio. 

O Dieese, (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) fez uma pesquisa e apurou que o décimo terceiro salário injetou mais de 233 bilhões de reais na economia.  

O décimo terceiro salário é muito usado para custear as viagens de fim de ano, os presentes e até as ceias de natal e de réveillon. 

Além disso, ele é usado por parte das pessoas para pagar as contas, o IPTU, o IPVA ou até mesmo quitar algumas dívidas. 

Enfim, não importa como a pessoa irá aplicar estes valores que recebeu, mas sim como ele impacta não só o país, mas o final de ano de muita gente. 

Como calcular estes valores 

No geral, ele é pago em duas parcelas nos últimos três meses do ano. 

No entanto, seu cálculo deve ser feito pelo tempo que a pessoa trabalha na empresa. 

A primeira parcela costuma ser paga até o mês de novembro, enquanto a segunda parcela deve ser paga até o dia 20 de dezembro. 

Se a pessoa trabalhou o ano todo, ela tem direito a 100% do valor de seu décimo terceiro. 

Vejamos um exemplo. 

Uma pessoa recebe R$ 1.500,00 reais de salário.  

Ela trabalhou o ano todo, logo o seu décimo terceiro é no valor de R$ 1.500,00. 

Porém, se alguém passou a integrar o corpo da empresa há cinco meses, o seu cálculo é feito da seguinte forma: 

R$1.500,00 salário / 12 meses do ano = R$ 125,00

R$ 125,00 x 5 meses que a pessoa trabalhou = R$ 625,00 

R$ 625,00 é o total do décimo terceiro salário. 

Para calcular as parcelas, basta dividir o valor por dois. 

R$ 625,00 / 2 parcelas = R$ 312,50 é o valor por parcela. 

É claro que existe uma forma mais rápida do que colocar o seu setor de RH para fazer os cálculos manuais. 

Sim, estou falando de um sistema de controle de ponto moderno que oriente nos valores a serem pagos. 

A GeoVictoria tem um time de especialistas que vão te ajudar a escolher o melhor controle de ponto para sua gestão. 

Assim, você ganha tempo, reduz as margens de erro e tem os dados precisos para o pagamento do décimo terceiro salário. 

Quer saber mais? Fale agora com a GeoVictoria e otimize sua gestão. 

👋 Junte-se à nossa conversa!

Compartilhe o artigo e deixe sua opinião.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *